15 de setembro de 2015

10 bebidas curiosas mundo afora


Álcool: O líquido que mata os vivos e preserva os mortos! Devido a esse fato alguns países tem leis super severas em relação à esse líquido que muitos apreciam. O Brasil não permite comercialização de bebidas com graduação alcoólica superior a 60%, mas já alguns países fabricam e consomem algumas bebidas com graduação bem superior a essa. Fizemos uma lista com algumas bebidas curiosas e para muitos, desconhecidas. Algumas com alto teor alcoólico e outras sem álcool algum, vamos conhecer?

O absinto é uma bebida destilada feita da losna. Anis, funcho e outras ervas também podiam entrar na composição. Foi criado e utilizado primeiramente como remédio pelo Dr. Pierre Ordinaire, um médico francês que morava em Couvet, na Suíça, por volta de 1792. Tem sua comercialização proibida em alguns países devido ao seu alto teor alcoólico.

Absinto - Suíça
A aquavita surgiu na Dinamarca e é produzida a partir da destilação de batatas ou de cereais, e redestilada com aromatizantes, tais como grãos de alcaravia (cominho), anis-doce (funcho), coentro, endro, cravo e canela. É servida, de preferência, muito gelada.
Akvavit - Dinamarca

Amaretto é um licor feito da infusão básica de damascos e caroços de drupas, tais como pêras. Apesar de possuir apenas 10% de amêndoas, estas sempre se sobressaem no seu sabor. Sua primeira produção aconteceu em Saronno em 1525.
Amaretto - Itália
 Arak ou araq é uma bebida alcoólica destilada clara, incolor, não adoçada, com sabor de anis. É a bebida tradicional da Palestina, Israel, Líbano, Jordânia, Iraque, e da Síria.
Deve ser bebido diluído em água ou servido puro com gelo (on the rocks), quando adquire aspecto leitoso, é conhecido como "leite de camelo"
Arak - Israel
 Beduíno é o termo usado para designar os árabes que vivem de forma nômade no deserto. Soa estranho, mas tomam muito chá quente para enfrentar o calor excessivo do deserto.
Bedouin Tea/CHá Beduíno - Egito
Chaas é uma bebida à base de iogurte popular em toda a Índia. É feita agitando iogurte e água fria juntos em uma panela, usando batedor. Pode ser consumido puro ou temperado com uma variedade de especiarias.
Chaas - Paquistão

Hidromel ou Mead é uma bebida alcoólica, fermentada à base de mel e água, a proporção da produção é geralmente de uma parte de mel e duas de água. A variação dessa proporção juntamente com outros fatores é o que distingue, os diferentes tipos de hidroméis, uma safra de outra ou um produtor de outro. Consumida desde a antiguidade, sua fabricação é anterior à do vinho e seguramente à da cerveja. O hidromel é obtido pela transformação dos açúcares do mel em álcool
Mead/Hidromel - Ucrania

Metaxa é um licor grego baseado em conhaque misturado com vinho e aromas. Foi criado em 1988.
Metaxa - Grécia
Vinho de palma, também chamado toddy, é uma bebida alcoólica obtida a partir da fermentação alcoólica da seiva de várias espécies de palmeiras como a Palmyra e coqueiros
Palm Wine/Vinho de Palma - Congo
Pimm’s é a bebida essencial do verão Inglês, servida com orgulho nas ocasiões mais formais do calendário Britânico
A bebida é uma mistura secreta de gin, especiarias e frutas cítricas criada em 1823
Pimm’s foi a bebida pioneira em abandonar as rolhas em favor de tampas de metal de rosquear, o que ajudou na popularidade do drink quando as primeiras garrafas passaram a ser vendidas fora dos bares de Mr. Pimm em 1865.
Pimm´s - Inglaterra


2 comentários:

  1. Acho que seria uma ótima ideia experimentar um pouquinho de cada bebida :D
    O absinto - Suíça seria a primeira da lista!

    ResponderExcluir
  2. hahaha com certeza Di! Absinto é gostoso ;p

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...